Vinícolas gaúchas se destacam na avaliação nacional do ano da Safra das Safras

Vinícolas gaúchas se destacam na avaliação nacional do ano da Safra das Safras

Quem se interessa muito ou mesmo pouco por vinho certamente já ouviu, leu ou disse que a safra 2020 é a famosa “Safra das Safras”. Pois agora 16 vinhos brasileiros, de 16 vinícolas – todas elas do Rio Grande do Sul – foram escolhidos como os destaques da 28a edição da Avaliação Nacional de Vinhos promovida pela Associação Brasileira de Enologia, que neste ano teve a participação de 56 vinícolas com um total de 395 amostras envolvidas, vindas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Bahia e São Paulo. Foram seis categorias divididas em grupos, abarcando grande parte da produção nacional.

Com a pandemia, o grande evento de degustação desta vez foi feito virtualmente, com o envio de 700 kits para a casa dos participantes, que acompanharam o evento online. As caixas com amostras foram vendidas em menos de duas horas e seguiram para enófilos espalhados por todo o Brasil, além de países como Uruguai e Chile.

Os vinhos foram degustados às cegas por 64 enólogos, entre os dias 15 e 18 de setembro deste ano. A cada rodada os degustadores tinham como informação apenas o grupo do vinho, sem mencionar a variedade da uva – exceção feita aos varietais Chardonnay, experimentando um total de até 28 amostras por grupo.

O método de avalição seguido foi baseado na Organização Internacional do Vinho e na União Internacional dos Enólogos – uma escala de 0 a 100 pontos, determinador por 10 diferentes variáveis englobando Aspecto, Olfato, Paladar e Avaliação Global. As amostras degustadas estavam em temperaturas de 10o – para brancos e bases de espumantes, e 17o para os tintos.

As notas finais de cada vinho foram obtidas a partir do cálculo de seis a oito notas por grupo, em função dos protocolos de segurança para a Covid-19. Para desempate, foi considerada a média aritmética seguida pelo desvio padrão.

Confira os 16 vinhos representativos selecionados pelo painel de degustação da Associação Brasileira de Enologia

Categoria: Vinho base para espumante

01 – Chardonnay

Cooperativa Vinícola Aurora

02 – Chardonnay, Riesling Itálico e Pinot Noir

Chandon do Brasil

03 – Pinot Noir

Casa Valduga Vinhos Finos

Categoria: Branco Fino Seco Não Aromático

04 – Riesling Itálico

Cooperativa Vinícola Garibaldi

05 –Chardonnay

Cooperativa Agroindustrial Nova Aliança

Categoria: Branco Fino Seco Aromático

06 – Sauvignon Blanc

Vinícola Família Lemos de Almeida

07 – Moscato Giallo

Hortência Vinhos e Espumantes

Categoria: Rosé Fino Seco

08 – Cabernet Sauvignon

Vinícola Almadén

Categoria: Tinto Fino Seco Jovem

09 – Merlot

Vinícola Salton

Categoria: Tinto Fino Seco

10 – Tannat

Casa Perini

11 – Cabernet Franc

Vinícola Don Guerino

12 – Tannat

Família Bebber

13 – Merlot

Pizzato Vinhas e Vinhos

14 – Merlot

Vinícola Cave de Pedra

15 – Tinto de Corte (Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Tannat)

Casa Venturini Vinhos e Espumantes

16 – Tinto de Corte (Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot, Tempranillo, Touriga Nacional, Tannat

Vinícola Miolo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dra. Uva